quarta-feira, 9 de abril de 2014

Eterno professor Vinícius de Morais

imagem retirada do google

Olá a todos!
decidi deixar hoje uma bela coleção de palavras, misturadas com profunda sabedoria, prontas a revelar o mistério do amor, para aqueles que conseguirem verter uma unica lágrima, ou seja, para os que sentirem e não apenas lerem.
" perfeito compositor e eterno professor "

O VELHO E A FLOR
Vinicius de Moraes

Por céus e mares eu andei,
Vi um poeta e vi um rei
Na esperança de saber
O que é o amor.

Ninguém sabia me dizer,
Eu já queria até morrer
Quando um velhinho
Com uma flor assim falou:

O amor é o carinho,
É o espinho que não se vê em cada flor.
É a vida quando
Chega sangrando aberta
em pétalas de amor.

quarta-feira, 5 de março de 2014

Para refletir, para ser mulher...

 Bom dia!
palavras para refletir...


Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto

Sou uma mulher que balança
Sou uma criança que atura
Suando chegar aos 30
Serei uma mulher de verdade
Nem Amélia nem ninguém
Um belo futuro pela frente
E um pouco mais de calma talvez

E quando chegar aos 50
Serei livre, linda e forte
Terei gente boa do lado
Saberei um pouco mais do amor
E da vida quem sabe

E quando chegar aos 90
Já sem força, sem futuro, sem idade
Vou fazer uma festa de prazer
Convidar todos que amei
Registrar tudo que sei
E morrer de saudade

Tenho urgência de tudo
Que deixei pra amanhã

Acho que não sou daqui
Paro em sinal vermelho
Observo os prazos de validade
Bato na porta antes de entrar
Sei ler, escrever
Digo obrigado, com licença
Telefono se digo que vou ligar

Não sou querida, me atrevo
A cometer duas vezes o mesmo erro

Espelho, espelho meu
Existe no mundo alguém
Que reflita mais do que eu?

Mesmo tendo juízo não faço tudo certo
Todo paraíso precisa um pouco de inferno

Ser bela e calma, quanta inutilidade
Mais vale um bom olhar profundo
E uma vida de verdade

Me corrijam se eu estiver errada
A realidade é nossa maior fantasia

Pudesse eu viver tudo o que imagino
Nem sete vidas me dariam tanto fôlego...


(Martha Medeiros)


Bons pensamentos, boas idéias...

Grande beijo
Bianca Dias.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Transforme uma idéia em livro

Olá escritores!
sua ideia vira um livro/ escreverlerviver.blogspot.com

    Passeando por recortes antigos, encontrei uma materia interessante da publicitária Alessandra Lariu.
    Ela da dicas de como escritores de primeira viagem podem conquistar a tão sonhada publicação. Nos dias atuais ela recomenda o uso ferramentas online, disponiveis em sites da nova industria de self plublishing.
    Para publicação de livros sob demanda, basta dar uma pesquisada nos sites (blurb.com) , e no (agbook.com.br)  
    Ela também faz referência a sites que fornecem serviços de divulgação e venda do seu livro, como a (lulu.com)  e a (Amazon)
    No entanto as novidades de self publishing estão latentes em sites como o( tenpages.com) e o (pubslush.com) , que servem como um kickstarter para livros. Escritores amadores que têm uma ideia legal, apresentam uma sinopse para o site. A partir daí, as pessoas decidem se ele serve para escrever. Se a resposta for positiva, o autor ganha um financiamento para ajudar na publicação do trabalho. No pubslush, para cada livro publicado, um livro é doado para a educação de crianças carentes. Além da filantropia ela ainda menciona outro ponto forte do pubslush que é a pesquisa de mercado em tempo real.
    Já no (paperlanternlit.com) a curadoria de idéias é feita por profissionais especializados, afirma Alessandra, que encerra seu artigo deixando para os novatos a dica de prestar atenção aos direitos autorais, pois essa questão não mudou muito em relação as editoras tradicionais.
    Espero que essa minha escapada a recortes antigos tenha sido valiosa e de grande ajuda para muitos.
  
Boa sorte a todos
Bianca Dias

    

Uma História com João Danyel...

Olá!
É impressionante como imaginação de criança brinca.
Parece solta no vento, sem regras, e sem vergonha.
Adoro ouvir meus filhos inventarem histórias, por isso sempre matamos aquelas horas de chuva,
Brincando de Era uma vez...


crianças no outono/escreverlerviver.blogspot.com

Eu:          Era uma vez
João:       Uma casa grande e velha
Eu:          Nela viviam
João:       Vários índios, mas alguns se mudaram porque a casa estava caindo, outros ficaram porque eram  mágicos e não se machucavam.Eles atiraram várias flechas na casa e ela ficou de pé, então eles moraram lá o dia inteiro.
Eu:          Um dia resolveram sair para uma aventura
João:       E foram parar numa floresta com muitos tigres, mas eles tinham flechas especiais com coisas do céu, atiraram uma flecha de neve que congelou o primeiro tigre, a segunda era de fogo e queimou o bumbum do outro tigre, e a outra virou uma rede grande que prendeu todos os tigres de uma só vez.
Eu:          Depois da aventura sentiram fome.
João:       Então decidiram ir até o rio para pegar peixe, mas o rio mudou de cor na hora em que o índio  menor entrou, ficou laranja. E do céu começou a chover pipoca doce. Os indios pegaram todas as  pipocas e voltaram para casa que estava novinha.

Paramos por ai, porque afinal de contas, imaginação de criança não pode perder muito tempo em uma atividade só. Mas ja rendeu muitas risadas.

Grande beijo a todos
Bianca Dias

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Minha Bagagem...

Olá pessoal!

    Acabaram os dias de descanso, paz e tranquilidade. Lá se foram as festas de fim de ano, dias de incrivéis imagens e muita saudade...

    Quando viajamos, trazemos muito na bagagem, os itens vencedores sempre são roupas e pequenos suvenirs de recordação. Mas o principal, trazemos na bagagem mental, são acontecimentos únicos que jamais irão se repetir, mesmo que você tente fazer tudo igualzinho, jamais conseguirá respirar o mesmo ar ou sentir a sensação de arrepio da mesma onda ou  simplesmente sentir o mesmo toque carinhoso.
viajar / escreverlerviver.blogspot.com

    Viajar é mais que sair da rotina, é aumentar a sala de registros da nossa mente, é aproveitar o conhecimento da vida e os momentos do agora.


    Who's to say
What's impossible
Well they forgot
This world keeps spinning
And with each new day
I can feel the change in everything
And as the surface breaks reflections fade
But in some ways they remain the same
And as my mind begins to spread its wings
There's no stopping curiosity

I wanna turn the whole thing upside down
I'll find the things
they say just can't be found
I'll share this love I find with everyone
We'll sing and dance to Mother Nature's songs
I don't want this feeling to go away

Who's to say
I can't do everything
Well I can try
And as I roll along I begin to find
Things aren't always just what they seem

I want to turn the whole thing upside down
I'll find the things
they say just can't be found
I'll share this love I find with everyone
We'll sing and dance to Mother Nature's songs
This world keeps spinning
and there's no time to waste
Well it all keeps spinning spinning round and round and

Upside down
Who's to say what's impossible and can't be found
I don't want this feeling to go away

Please don't go away
Please don't go away
Please don't go away
Is this how it's supposed to be


Até logo
Bianca Dias